Pular para o conteúdo principal

Saiba sobre a importância da contabilidade gerencial


A importância da Contabilidade Gerencial

Muito se fala no Brasil em economia tributária, o que é importante dentro de um processo de planejamento e elisão fiscal. Inclusive, este é o tema que circunda a gestão das empresas, principalmente as de cunho familiar. A contabilidade dentro das empresas é vista como uma despesa e não investimento, o que desabona e desvaloriza a profissão e por consequência os escritórios contábeis. Por que é assim?

A contabilidade brasileira

é extremamente fiscal e pouco gerencial com muitas regras normatizadas por legislação e regulamentos fiscais, como é o caso das regras e taxas de depreciação que estão no regulamento do imposto de renda RIR/1999.
Mas a contabilidade foi criada para controle de transações e registros dos atos de uma entidade empresarial. As partidas dobradas são totalmente eficientes para controle e exatidão das informações financeiras e controle patrimonial.
Desta forma, a contabilidade é a principal ferramenta gerencial, pois se todas as transações estiverem corretamente registradas e conciliadas é uma fonte totalmente fidedigna de informações que falam muito sobre a saúde financeira da empresa, além de ser uma fonte poderosíssima para tomada de decisão.

Existem muitos índices que podem ser apurados através de um balanço patrimonial e demonstrativo de resultado, as quais as maiorias das empresas desconhecem e ignoram por completo.

Através da demonstração financeira de uma empresa é possível identificar índices de liquidez, rentabilidade, retorno sobre investimentos e capital, necessidade de capital de giro, endividamento, fluxo de caixa descontado. Por isso as empresas de capital aberto investem uma quantia relevante para a manutenção, evolução dos processos e métodos de contabilização, notas explicativas e auditoria independente.

Um processo de governança corporativa sólido também tem seus preceitos contábeis fiscalizados e auditados internamente.

Mas é na contabilidade de custos que encontramos uma das ciências mais ricas e poderosas do ambiente empresarial, pois as teorias e sistemas de custos apresentam métodos diversos para sanar as necessidades fiscais e gerencias de todos os tipos de negócios, desde a simples comercialização até os modelos industriais mais complexos atualmente existentes a nível mundial.

Os cálculos matemáticos de formação de preços e margem de contribuição também vem de modelos contábeis, pois é necessário inserir valores de tributos, segregar gastos fixos e variáveis para calcular a rentabilidade de negócios, clientes, produtos, vendedores e filiais.

Ou seja, tudo para o gerenciamento de um negócio pode ser levantado através de uma contabilidade fiel e íntegra.

Isto custa mais para os escritórios de contabilidade e a classe empresarial muitas vezes não está disposta a pagar por esse adicional no preço dos honorários contábeis, mas como tudo tem um custo, economiza-se na contabilidade e gasta-se com consultorias especializadas ou equipe interna e exclusiva para levantar informações que uma contabilidade “teoricamente” deveria fornecer.

O desdobramento dos ganhos de um bom gerenciamento com números extremamente confiáveis podem ser a diferença da longevidade de uma empresa.

Se a contabilidade da sua empresa é extremamente confiável e te fornece os indicadores necessários, bem como a educação corporativa para a interpretação das informações e demonstrativos financeiros. Com certeza, o seu negócio tem uma vantagem estratégica relevante a nível de Brasil, pois infelizmente a procura de um contador inicia com a seguinte frase: “você conhece um contador baratinho para abrir uma empresa?”. Ignorando totalmente o fato desta contabilidade contratada inicialmente ser a responsável pela estratégia financeira da empresa desde a sua abertura, bem como o seu sucesso ou fracasso.
mais rentável ou maior no seu ramo ou segmento de atuação é necessário estar cercado pelos melhores profissionais e não é diferente quando se trata de contabilidade. Desta forma, saiba escolher seu parceiro contábil, certifique-se dos conhecimentos empresariais, exija indicadores de desempenho, solicite as demonstrações financeiras (balanço patrimonial e demonstrativo de resultado) mensalmente, cobre o planejamento tributário, mas saiba, que um serviço com nível elevado exige maiores custos, principalmente com profissionais de ponta. Em decorrência disso, uma contabilidade inovadora e com conceitos gerenciais possui honorário muito mais elevado do que um escritório convencional que te envia somente as guias de tributos e guarda alguns de seus documentos.  

Profissionais de escritórios são muito dinâmicos e experientes, mas acabam migrando para empresas, principalmente indústrias, que remuneram muitos mais e gastam valores altos com equipes de departamento de contabilidade interna.

Com certeza se os escritórios tivessem um orçamento compatível com seus custos, ofereceriam mais do que uma guia de tributo para pagar, pois a contabilidade gerencial é uma ferramenta que agrega valor à empresa, pois é através desse instrumento que as maiores empresas de nível mundial são avaliadas, tomam as decisões e principalmente, obtém sucesso que o acionista tanto almeja.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça o Inventor do Código de Barras

Primeiro o Código de Barras e depois o Leitor de Código de Barras, confira essa breve história de como surgiu os códigos de barrasCertamente você já deve ter visto um código de barras em algum produto nos supermercados ou lojas, mas você sabe como ele foi inventado? Sabe como funciona exatamente? Então confira abaixo para saber um pouco sobre o código de barras  - Leitor de código de barras. O código de barras foi inventado em 1949 por Norman Joseph Woodland resultado de uma mente brilhante e de um pensamento inspirado. No entanto as faixas em preto e branco só foram utilizadas 25 anos depois, devido às limitações tecnológicas disponíveis na época. Woodland nasceu em Atlantic City, Nova Jersey em 1921 e estudou engenharia mecânica na Universidade Drexel da Filadélfia. Um dia em 1948 um dono de uma rede de supermercados foi até o campus da universidade e descreveu seu desejo por uma maneira simples de incluir códigos nos produtos para sua classificação, preço e checkout. Seu colega Berna…

Teclado Programável: saiba o que é e como utilizar

O que é um teclado programável?Umteclado programável normalmente já vem com um esquema de teclas padrão igual a maioria dos teclados existentes. Mas o que é um teclado Programável e o que difere de um teclado tradicional?  Um teclado programável vem com muitas das teclas padrão que você vê em um teclado normal. Mas eles também incluem chaves em branco que podem ser configuradas para armazenar dados importantes para seu negócio e usar a nomenclatura usada para administrar seu negócio. Por exemplo, você pode indicar uma tecla em branco específica para representar o "total" de um pedido que você inclui no sistema. Isso economiza tempo, porque você não precisa mais pressionar a tecla do sinal de adição para chegar ao total do pedido. Em vez disso, basta pressionar o botão "total" que você configurou de acordo com suas necessidades. Esses botões configuráveis são programados para enviar um código ou outros dados especificados de volta ao sistema geral do PDV. Esses dados s…